Turquia

Turquia

terça-feira, 18 de outubro de 2016

HOMENAGEM A MARCELO NOVAES.

Escrevi este poema há cerca de um ano atrás, em homenagem ao psicólogo, poeta e pensador Marcelo Novaes, pessoa que muito estimo e admiro.
Foi inspirado por uma frase escrita por ele, no dia 16/04/2015: " E viva as amizades que me trazem sentimentos alcalinos".

Variações sobre um homem só

Homem sábio e poeta, ácido e só
com tiro na coxa e ferida no olho
armado com pênis, intermitente e sápido
procura colo primal e plácido
vagina ácida e quente
de mulher básica e alcalina.

Homem místico e ávido, impaciente e cansado
procura coração cálido e sólido
para mergulho gota a gota
do sêmen alcalóide e grávido
no sulferino e pulsante fundo
do ferido colo uterino.

Homem cristão e cientista, do louco e do são
com faca incrustada no colchão da alma
e profundo rigor na palavra cortante
procura colo básico e leitoso
de mulher translúcida e silente
para o último abraço.

Homem, bom e mau, indignado e verdadeiro
com dedo quebrado e coração ardente
procura seio farto e róseo
ferida aberta e sem sutura
boca insana, tímida, e língua louca
para o único beijo dilatado.

Lígia Sacras

2 comentários:

  1. Ao meu grande amigo Marcelo, pelo seu aniversário, em 17 de outubro, deixo este poema, neste que é também para mim, um dia especial, 18 de outubro, aniversário da minha mãe.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Excelente poema de uma amiga que me conhece muitíssimo. Muito obrigado Lígia e felicidades à sua mãe. Beijos para as duas.



    Gratidão, sempre.

    ResponderExcluir